Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2018

QUE O BRASIL SE ENCONTRE

2018 caminha para seu final, ano extremamente difícil, com vitórias e percalços. O passado foi ressuscitado com ares de novo, a ignorância foi transformada em posicionamento político e a atual ideologização vai sendo desvelada como verdadeira mobilizadora das decisões políticas.

Precisamos de outras ferramentas e ideias para navegar em tempos de retorno do neoliberalismo agora acompanhado de teologias, togas, fardas e conspirações. Bandeiras de valores, direitos e apelos a era de ouro cada vez mais distante me parecem pálidas e incapazes de sustentar esse enfrentamento.

Os privilégios das carreiras bem remuneradas no Poder Judiciário, Poder Legislativo Ministério Público e Forças Armadas são sustentados no arrocho de enorme massa de trabalhadores com salário mínimo e servidores públicos cujas remunerações estão congeladas há quatro anos. O patrimonialismo existe e está firme, suas raízes mergulham profundamente no bolso do povo brasileiro.

As críticas aos programas sociais que mobili…

É TRABALHO, NÃO É MILAGRE

Neste mês de junho além das festas tão queridas dos maranhenses, o Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão-IEMA nos trouxe conquistas importantes. Inauguramos as unidades vocacionais de Imperatriz e Açailândia, em condições infinitamente superiores do que os prédios do antigo Cetecma. Agora as unidades ampliarão o atendimento das pessoas que buscam uma qualificação profissional, cumprindo determinação do governador Flávio Dino, presente nas inaugurações.

Em Imperatriz realizamos em 2016-2017 os cursos de Aplicativos Web, Inglês Básico e Intermediário, Corte e Costura, Paisagismo, Silvicultura e Informática Básica, qualificando 382 pessoas. Atualmente funcionam os cursos de Jardinagem, Corte e Costura Industrial, Word Avançado e Inglês Intermediário. Em Açailândia no mesmo período realizamos os cursos de Agente de Resíduos Sólidos, Gestão de Cooperativas, Inglês Básico e Intermediário, Agente Socioambiental, Corte e Costura, Cuidador de Pessoas com Deficiência,…

TENS CAMINHADO AVANTE

Atravessamos com muita luta um dos períodos mais conturbados da história brasileira, crise econômica, crise política e instabilidade marcaram os últimos quatro anos da conjuntura nacional. Eis que no Maranhão conseguimos atravessar a grande água graças a liderança focada, dedicada e ativa do governador Flávio Dino, enfrentamos os principais problemas de educação, saúde, infraestrutura e segurança, herdados das décadas de irresponsabilidade, inação e vergonha do então grupo dominante local.

Não resolvemos tudo, mas fizemos muito e encontramos caminhos para superar esses desafios. É imprescindível destacar o trabalho que temos feito no Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão-IEMA, primeira rede de educação profissional e integral de nossa história, instituição permanente criada por lei e conquista do povo, chegamos a 27 unidades, 3.350 estudantes no ensino médio técnico integral e 13,5 mil jovens e adultos que concluíram cursos profissionalizantes.

Participamos…

UM PROJETO INSTITUINTE PARA O JOVEM

Existem programas, projetos e ações que implementam políticas públicas. E existem projetos instituintes, cuja concepção e escopo perenizam modelos, definem desafios a enfrentar e materializam anseios do povo. A humanidade para superar a morte inventou as instituições, a forma que encontrou para transcender ao tempo e estabelecer o diálogo entre o passado, o presente e o futuro. Podem existir instituições sem projetos instituintes, mas não existem projetos instituintes sem instituições.

O Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão-IEMA é um projeto instituinte do Governo Flávio Dino que se concreta como instituição de ensino, o sentido essencial é fazer com que as pessoas e a sociedade acreditem na eficiência, eficácia e efetividade da escola pública, trabalho diário, árduo e coletivo desenvolvido em tempos de crise e de ódios. O IEMA articulando educação, ciência e desenvolvimento representa a aposta política na força das ideias em contraposição a barbárie dos ca…

A FÓRMULA DO SUCESSO DE FLÁVIO DINO

Completamos quatro anos de trabalho no Governo Flávio Dino, inicialmente colaborando na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e agora no Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão-IEMA. Se pudermos identificar a fórmula do sucesso do Governo, penso que essa fórmula tem pelo menos três elementos-chave: a) programa de governo com metas claras e objetivas; b) capacidade de gestão e governança do líder e c) combinação geracional e social na equipe de governo.

O elemento-síntese foi aliar razão e emoção, redirecionando o leme estatal para aqueles que mais precisam. A fórmula abriu caminho para conjunto expressivo de realizações em período de crise, escassez de recursos e fraco apoio do governo federal. O arco de ações abrangeu as principais políticas públicas, tanto as tradicionais como obras e asfaltamento, quanto as inovadoras como a criação de instituições, a exemplo do IEMA e da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão-UEMASUL.

Publiquei em …

PENSAR COM A PRÓPRIA CABEÇA

O Brasil vive momento de transição, pela primeira vez em 30 anos desde a Constituição Federal de 1988, teremos um governo assumidamente à direita, fato novo, mas neoliberal, algo repetido. Governo Bolsonaro continuará o de Michel Temer, avançando na agenda daqueles que derrubaram Dilma e assumiram o poder em 2016. Os militares voltam ao centro do palco político de Brasília para garantir a manutenção dos seus privilégios de aposentadoria e pensões, bem como, dar o seu tom no enfrentamento dos problemas brasileiros.

A Operação Lava Jato mudou do Judiciário para o Executivo, a burocracia judicial assume protagonismo político inédito na República, inclusive com pretensões presidenciais. Os filhos do manifestante verde-amarelo que eram contra a política, assumem mandatos como senadores, deputados federais, deputados estaduais e governadores. Os empresários que financiaram a campanha de Bolsonaro com fakenews e mensagens de Whatsapp cobrarão essa fatura em breve.

A esquerda perdeu a eleição…

A AGENDA DOS MOINHOS DE VENTO

Uma das reuniões mais importantes desse período de transição foi o encontro entre o presidente eleito e Vivianne Senna, na ocasião ela representou o Todos pela Educação. A equipe que aos poucos se dá conta da complexidade do país e da ausência de proposta concreta para a área educacional. Poucos perceberam, mas durante a campanha eleitoral, candidatos convergiram em um aspecto: nossas crianças e jovens não aprendem ou aprendem pouco. Por outro lado, o presidente eleito errou nas causas do problema, doutrinação comunista, ideologia de gênero e a pedagogia de Paulo Freire nunca foram, nem nunca serão causas do nosso baixíssimo desempenho em termos de aprendizado.

Vivianne apresentou o problema, os dois maiores desafios para superá-lo e uma proposta de agenda de política educacional (do movimento Todos pela Educação), desconhecida por quem venceu a eleição e rejeitada à esquerda. Essa agenda não agrada àqueles que se limitam à pauta identitária, reinvindicações de investimento sem a neces…

DA ÁGUA À ESTRELA, A PALAVRA VIRA IEMA

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação

Inauguramos duas unidades do IEMA nestas semanas, uma em Santa Inês na Rua do Olho D´água e outra em São Luís Itaqui-Bacanga na Rua da Estrela, este último em parceria com a empresa Vale a quem agradecemos. Duas ruas que nos remetem ao simbolismo da água e do céu, os elementos sacralizados pela humanidade desde quando começou a existir neste mundo, elementos entrelaçados que produzem a vida, vida em abundância. A escola é o lugar fecundo para a vida, foi a instituição criada por nós para transmitir e recriar conhecimentos e gerações.
Entendo que não foi mera coincidência as Ruas onde inauguramos os IEMAs do Governo Flávio Dino. Estamos seriamente dedicados a construir a melhor escola pública do Brasil no Maranhão, provando ser possível o público eficiente, eficaz e efetivo, produtor de excelência no ensino e semeador de futuros. Trata-se do futuro no presente, aqui e agora priorizamos o investimento em e…

LULA E A ESPERANÇA APRISIONADA

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovaçao
Lembro o distante ano de 1994 da campanha Lula Lá. Arrepiante jingle que não se esquece. Foi em 2003 que essa música virou governo e um mar de gente nunca antes visto ocupou o Palácio do Planalto, 2003-2010 foi um período de prosperidade, crescimento e inclusão social para o Brasil.
Cena um. Lula nos braços do povo. Cena dois. Lula tenta se entregar voluntariamente à Polícia Federal para cumprir sua condenação. Cena três. O povo impede a saída do carro com Lula. Cena quatro. Após horas de resistência cívica e negociação, Lula sai a pés do Sindicato dos Metalúrgicos e se entrega. A força popular de Lula elevou sua estatura ante o arbítrio dos pequenos tiranetes de Curitiba.
Li “A verdade vencerá”, livro com entrevista antológica de Luís Inácio Lula da Silva, registra seu legado e ao mesmo tempo suas propostas caso pudesse exercer outro mandato de Presidente da República. Lula enfrenta novo teste de fogo da…

GERALDO ALCKMIN E O CEMITÉRIO DE ESPERANÇAS

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de CIência, Tecnologia e Inovação

Pensar caminhos para o desenvolvimento do Brasil é um desafio permanente e reposto a cada nova conjuntura político-eleitoral. Não conseguimos ir muito além de quatro anos, faz parte da nossa cultura política. China e Índia tocam seus planos quinquenais de forma ininterrupta há décadas, alcançando indicadores de crescimento econômico e desenvolvimento tecnológico expressivos.
Li a entrevista do presidenciável Geraldo Alckmin para a Folha de São Paulo e busquei identificar que propostas ele trará para o país em seu programa de governo. Um dos destaques foi gerar crescimento para reduzir as desigualdades, creio que será o tópico central. E como fazer isso? Segundo ele, o investimento em infraestrutura para ativar a construção civil injetando "emprego na veia": estrada, ferrovia, metrô, saneamento e habitação.
Sempre fico perplexo quando se discute propostas para o desenvolvimento e excluem educação…

BALANÇO DA CIÊNCIA CIDADÃ NO MARANHÃO

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação

É importante apresentar os resultados de gestão obtidos entre março/2016 e agosto/2017 à frente da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) do Governo do Maranhão. Buscamos ao longo desse tempo implementar uma política de Estado para este setor fundamental em qualquer projeto de desenvolvimento.
Reunimos esses esforços programáticos na consigna “Ciência Cidadã”. O sentido maior dos investimentos e ações realizadas estava no fortalecimento da capacidade de cada maranhense em exercer melhor sua cidadania pelo acesso ao conhecimento e às tecnologias. Ciência Cidadã significa a emancipação pelo conhecimento.
O registro das ações realizadas é indispensável em tempos de fluxos avassaladores de informações e pouca memória das pessoas. É um dever de publicidade quanto à atuação dos gestores públicos de uma nova geração que está focada em resultados para o coletivo, não na obtenção de vantagens individu…

PORQUE ATACAM O PROGRAMA ESCOLA DIGNA?

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação

As crianças do Povoado Peritoró dos Pretos não podem estudar o sistema solar como as crianças das escolas particulares da capital?
O problema educacional brasileiro, ao contrário do que muitos afirmam não se reduz à qualidade do ensino. Temos problemas ligados ao acesso (ausência de vagas em creche, pré-escola e no ensino médio), a permanência (evasão no ensino fundamental e ensino médio), ao aprendizado (baixa proficiência de português, matemática e ciências) e ao sucesso escolar (poucos concluem e progridem entre as etapas). Esse é um resumo da situação brasileira que se agrava ou se repete nos estados e municípios.
Todos os anos os sistemas federal, estaduais e municipais de ensino investem bilhões de reais em salários, equipamentos e formações. É possível questionar o monitoramento dos resultados e da qualidade desses investimentos, mas não o fato deles acontecerem. Os principais diferenciais do governo…

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *