Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

FIDEL CASTRO

“Luchar por la paz es el deber más sagrado de todos los seres humanos, cualesquiera que sean sus religiones o país de nacimiento, el color de su piel, su edad adulta o su juventud.” Fidel Castro Fidel Castro (1926-2016) liderou a Revolução que transformou Cuba na Pátria Internacional da Luta pela Igualdade e Fraternidade entre os Povos. Foi o maior símbolo da sobranceria do povo cubano ao se afirmar no mundo como socialista, resistindo longamente ao bloqueio norte-americano e às incompreensões advindas da luta pela transformação social. Cuba se tornou referência em educação e saúde, amplamente reconhecidas, graças à liderança de Fidel Castro que soube priorizar investimentos nestas áreas como alicerces para a conquista da dignidade cubana. A metodologia “Si yo puedo” erradicou o analfabetismo em países como a Venezuela e a Bolívia, declarados pela Organização das Nações Unidades para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) como territórios livres do analfabetismo. A Cola

O BEM COMUM COMO OBJETIVO DA VIDA PÚBLICA

Jhonatan Almada, historiador Tenho a oportunidade honrosa de exercer cargo público no Maranhão e quando vejo a crescente onda de investigações, prisões e condenações de políticos e empresários me impacto com o tamanho dessa ambição corrupta que nada consegue bastar. Pessoas que construíram toda uma trajetória na política e exerceram cargos públicos em praticamente todas as esferas. É chocante sacrificarem a reputação para ter uma vida principesca à custa do povo, vida efêmera que fatalmente se esfarela ante a força da verdade. Precisamos reinventar o exercício de cargos públicos. Ao contrário do que se apresenta na mídia cotidianamente, existem sim pessoas que os exercem com seriedade, dedicação e empenho. Os verdadeiros espetáculos midiáticos nada contribuem para essa reinvenção, somente reforçam a criminalização da atividade política ao venderem a imagem dos vilões (os políticos) pegos pelos mocinhos (polícia, judiciário e ministério público). Importante repetir,

APRENDER COM AS DERROTAS E SE REINVENTAR

Jhonatan Almada, historiador As pessoas precisam vivenciar governos conservadores e à direita do espectro político para conseguirem parâmetros e comparar. Sem viver a experiência por mais que se informe, dialogue e discuta fica no ar a dúvida e a abstração. Nestes tempos de desconfiança e fugacidade é necessário o trauma de um governo conservador para aferir se de fato um governo progressista é diferente. O mais preocupante é ver parcela significativa da juventude ser arrastada para essa onda conservadora. É urgente retomar o trabalho de base com os jovens, urgente. Precisamos falar de política, de políticos e políticas públicas. Explicitar o contexto, as relações entre o local e o global. Trabalho de formação de alta relevância e crucial para enfrentar essa onda que se avoluma no Brasil e no mundo. Outro aspecto grave é o crescimento da abstenção e voto nulo, significando que a desconfiança atingiu tal patamar entre os mais maduros que virou descrença mesmo. Se