Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

PRIMEIROS RESULTADOS DO AULÃO DO ENEM

Jhonatan Almada, historiador O Maranhão está prestes a dar um ousado passo no âmbito da educação profissional e tecnológica, ao iniciar as aulas das três primeiras unidades do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA). Ousado por que criamos uma nova instituição educacional como contraparte estadual do esforço que a União já desenvolve com os institutos federais. As unidades do IEMA de São Luís, Pindaré-Mirim e Bacabeira nascem com infraestrutura escolar muito boa, corpo docente e diretivo selecionado, novo modelo pedagógico com ensino médio integrado em tempo integral. A criação da rede estadual de educação profissional e tecnológica é um investimento estratégico de longo prazo alicerçado na política estruturante mais relevante e poderosa em termos de promoção social – a educação. Alguns atores políticos locais insistem com a tese de que não há política estruturante ou de longo prazo no Governo Flávio Dino, afirmação que só se sustenta por que não co

45 ANOS DAS VEIAS ABERTAS DA AMÉRICA LATINA

Jhonatan Almada, historiador Este ano o livro “Veias Abertas da América Latina” completa 45 anos de lançamento. Talvez a obra mais continental de Eduardo Galeano (1940-2015), certamente a mais reconhecida por todos os círculos intelectuais de esquerda. O livro faz um balanço histórico fundamental de nossa colonização e reiterados colonialismos. Leitura de muitos jovens universitários é impossível não repensar o papel de nossos colonizadores e a exploração das potências que lhes sucederam, oprimiram as culturas originárias e nos legaram uma visão subserviente, deslumbrada com o chamado mundo desenvolvido e enormes desconfianças entre nós mesmos, dificultando nossa cooperação e integração solidária. Eduardo Galeano tem uma obra muito maior que este livro, mas a vida toda e em todo lugar sempre foi inquirido a rever as ideias ali apresentadas. Lançado em 1971 no terrível ciclo de ditaduras da América Latina o livro carrega nas suas tintas sobre nossa história, entretant