Pular para o conteúdo principal

Postagens

POR QUE HISTÓRIA É IMPORTANTE?

POR QUE HISTÓRIA É IMPORTANTE?  Pensando no que ocorreu com o Brasil nos últimos 4 anos e na enxurrada de informações destes dias pós-eleições tenho clareza de que HISTÓRIA é cada vez mais fundamental para entender o presente e não nos deixar reféns do momento, vejam o #Enem . O atual Ministro da Educação divulgou os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio-Enem 2022 com um tom de comemoração em junho. O número de inscritos 2022 aumentou em relação a 2021, bem como, cresceram as isenções. Quando não se tem a perspectiva histórica sobre o Enem, facilmente nos enganamos, até por boa fé em relação às autoridades constituídas. O fato é que número de #jovens que se inscrevem no Enem caiu de forma expressiva, cerca de 35,6% em relação a 2014. E aí? E aí que não há nada para se comemorar. O número de jovens que não estão continuando seus estudos cresceu, a pandemia foi o golpe de misericórdia. A #Universidade deixou de ser um sonho para esses jovens, precisamos estudar HISTÓRIA e não se
Postagens recentes

ESTRADA DO SOL - João Batista Ericeira

Ainda estou muito sentido e impactado, escrevo algumas linhas com os olhos cheios d'água.  Conheci o professor Ericeira há 16 anos, pouco depois de vir morar em São Luís, fui aluno do curso de políticas públicas oferecido pela Escola de Formação de Governantes(EFG) dirigida por ele e vinculada à Escola de Governo da Universidade de São Paulo-USP, criada por Fábio Konder Comparato. Ali fomos construindo nossa amizade a partir da relação mestre e aluno. Nestes 16 anos sempre estivemos juntos, nunca passamos uma semana sem nos falar, quando ligava falava com a voz grave "- Professor Almada, como estão as coisas?". Depois caíamos na risada e assim levamos, trabalhamos juntos na Escola de Formação de Governantes, onde me tornei professor e coordenador de projetos; na Escola Superior de Advocacia, onde criamos dois Cursos de Especialização em Direito; na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e no Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão. "São

SOB OS OLHOS DO IDEB 2021

Gosto sempre de rememorar essa história. Oscar Niemeyer foi convidado para visitar a União Soviética e deu sua opinião sobre a arquitetura deles e o fez com sinceridade. Ele disse o seguinte: “nesse contato com a esquerda a gente tinha que ser fraternal, mas dizer a verdade”. Em tempos de campanha política é imperativo ressaltar que como pesquisador da área de educação e livre pensador, no sentido do que dizia Anísio Teixeira, sempre me posicionei e posicionarei sobre temas que são de interesse dos meus estudos e pesquisas, independentemente das questões políticas envolvidas. Ao tratar sobre os resultados do IDEB 2021, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica-IDEB, novamente fui atacado em redes sociais. Devo dizer que isso não tem efeito algum, já experienciei algo similar quando critiquei a educação pública de São Luís na gestão do último prefeito.  Sobre a divulgação dos dados oficiais do IDEB 2021 feita hoje pelo Ministério da Educação/Inep, temos que o IDEB do Ensino M

RENDIMENTO DOMICILIAR NO MARANHÃO REGISTRA QUEDA

1/3 O IBGE atualizou os dados sobre rendimento domiciliar per capita, números atualizados até 2021. O Maranhão registra queda de 8,3% no rendimento das pessoas em relação a 2020, retrocedemos a patamares similares ao ano de 2014. 2/3 O percentual de domicílios que registrava o recebimento do Programa Bolsa Família vinha com uma tendência de queda e voltou a crescer. Evidência do recrudescimento da pobreza e da consequente insegurança alimentar. É preciso notar que na pandemia começa o Auxílio Emergencial. 3/3 O Auxílio Emergencial aparece em outros programas sociais. O crescimento das pessoas que dependem do Bolsa Família é acompanhado da queda percentual do Auxílio. Os próximos dados deverão trazer o perfil dos que recebem o Auxílio Brasil, sucessor do Bolsa Família. Fontes: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/34052-em-2021-rendimento-domiciliar-per-capita-cai-ao-menor-nivel-desde-2012. https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-

SÃO PEDRO DOS CRENTES E A TERRA DA PROMISSÃO

Um dos pré-candidatos ao governo do Maranhão foi prefeito da cidade de São Pedro dos Crentes. Podemos imaginar que sua gestão lá justificaria tal projeção política. O município se tornou uma terra da promissão após sua gestão? 1. O município como praticamente todos do Maranhão, depende das transferências externas para sobreviver, cerca de 95,1% das receitas são externas (IBGE, 2015). 2. Dentre os seus 4.700 habitantes, somente 441 estão empregados (formal e informal) e 50,8% da população vive com meio salário mínimo por mês (IBGE, 2019, 2010). 3.878 pessoas estão em situação de pobreza, sendo que 2.524 estão em extrema pobreza e dependem do Bolsa Família. 3. Somente 0,8% das vias públicas são urbanizadas e 99,7% da população não tem acesso a esgotamento sanitário (IBGE, 2010). 4. O município de São Pedro dos Crentes é recordista em internações por diarreia, ocupa o 11º lugar dentre os 217 municípios do Maranhão e o 23º lugar dentre os 5.570 municípios do Brasil (IBGE, 2016). 5. E a edu

DESIGUALDADE NO MARANHÃO

O Índice de Gini é uma das medidas para perceber a desigualdade na distribuição da renda, compara os 20% mais ricos com os 20% mais pobres. Quanto mais próximo de zero maior a igualdade, quanto mais perto de 1 maior a concentração de renda. No caso do Maranhão, o Índice de Gini mostra que a desigualdade no estado diminuiu no período 2012 -2014 e cresceu no período 2015-2019. A redução observada em 2020 tem a ver com o Auxílio Emergencial do Governo Federal que alcançou parcela expressiva da população mais pobre. Para termos uma ideia, o Auxílio Emergencial no Maranhão beneficiou 2,4 milhões de pessoas de abril de 2020 a janeiro de 2021. 11,6 bilhões de reais foram transferidos para os maranhenses em situação de pobreza. A desigualdade só é aliviada temporariamente pelo Auxílio.

Prêmio Seymour Papert-Paulo Freire de Robótica Educacional

Professor(a), se você tem um bom projeto de robótica educacional em sua escola, você pode se inscrever no Prêmio Seymour Papert-Paulo Freire de boas práticas em robótica educacional. Professores e projetos de escolas públicas e privadas podem participar. O Prêmio é uma iniciativa do capítulo brasileiro da The Federation of International Sports Association-FIRA, promotora da maior copa do mundo de robótica, em parceria com o Centro de Inovação para Excelência de Políticas Públicas-CIEPP, Centro Universitário ENIAC e Robo City Escola de Robótica. Inscreva seu projeto até 31 de maio e dê visibilidade internacional ao seu trabalho. O evento de premiação ocorrerá em Garulhos-SP dia 2 de novembro de 2022. A inscrição pode ser feita no google forms pelo link https://forms.gle/Kayf8PjQn5uvDRym6