Pular para o conteúdo principal

Palavra de Jackson - Imperatriz, 157 anos

Palavra de Jackson

Imperatriz, 157 anos

Voltei a Imperatriz no decorrer desta semana, para participar, a convite do prefeito Sebastião Madeira, das festividades alusivas aos 157 anos de emancipação do município. O convite foi acrescido da informação de que eu receberia a Medalha Frei Manoel Procópio, mais alta comenda concedida pela cidade àqueles que deram alguma contribuição relevante ao seu desenvolvimento.

A distinção, prova da generosidade que o povo da região tocantina (e muito especialmente de Imperatriz) tem dispensado a minha pessoa, não me surpreendeu, mas como sempre me comoveu e fez aumentar em mim as responsabilidades para com aquela gente corajosa e altaneira.

A visita à cidade foi, também, a oportunidade de conversar com pessoas dos mais variados níveis, que me procuraram durante os poucos dias que ali passei, quando pude constatar o sentimento de perda existente na população quanto ao seqüestro dos recursos que haviam sido conveniados entre o governo do Estado e a administração municipal, o que, no caso de Imperatriz, representaram R$ 56,4 milhões.

A população sabe que aqueles recursos seriam de grande valia para a melhoria das condições de vida de todos que moram naquela grande cidade e que se transformariam em um hospital de urgência e emergência, na urbanização e revitalização da Avenida Beira-Rio, na construção do Mercado do Peixe, na construção de casas populares, na pavimentação e drenagem de vias na zona urbana e nos distritos.

Outra constatação que pude fazer, nos exíguos dias de minha permanência, foi a do crescimento da auto-estima do povo imperatrizense, o que tão bem se refletiu nas comemorações do aniversário da cidade, presididas pelo prefeito Madeira. O conjunto de pessoas homenageadas pela Prefeitura compunha-se de pioneiros, de servidores municipais com longa carreira a serviço da cidade e de personalidades com serviços prestados a Imperatriz em setores os mais diversos.

Aqueles homens e mulheres que receberam a honraria concedida pela Prefeitura formavam um mosaico que expressava diferentes procedências, classes sociais, faixas etárias, credos religiosos, histórias de vida, mas que se encontravam na dedicação e no amor à cidade. Pessoas que se realizam na contribuição que deram e dão a sua comunidade.

São atitudes como estas que forjam uma grande cidade. E fazem, também, que as comemorações de aniversário de Imperatriz vão além de uma efeméride e se transformem na reafirmação da vontade de crescer e de se desenvolver econômica, cultural e socialmente.

Parabéns, Imperatriz. Parabéns, povo imperatrizense. Parabéns, prefeito Madeira.

Jackson Lago
Ex-governador do Estado do Maranhão


Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas deste blog

O MARANHÃO ILUMINA CAMINHOS PARA O BRASIL

Jhonatan Almada, historiador

2016 foi um ano extremamente difícil para o Brasil e para o Maranhão em particular. Retrospectiva evidenciará que a permanente instabilidade política do país não encontrou fim e a superação da crise econômica não chegou. A crise do pacto de poder(que vigeu até 2014)e a inexistência de projeto nacional empurraram-nos para 2017 com grandes incertezas e falta de clareza no horizonte.
Nesse cenário, o Maranhão se tornou raríssima exceção quanto ao desempenho das políticas públicas ampliando o acesso a direitos e estimulando a economia estadual, equilíbrio perdido no âmbito de governos como Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Goiás, Paraná, Tocantins e Distrito Federal que parcelam ou atrasam salários, não pagam fornecedores, fecham órgãos e serviços públicos. 
O Governo do Maranhão ganhou fôlego para enfrentar as incertezas de 2017 graças à economia de R$ 300 milhões em 2015-2016 advinda do corte de supérfluos, luxos, aluguéis de veículos e imóveis,