Pular para o conteúdo principal

DA ÁGUA À ESTRELA, A PALAVRA VIRA IEMA

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação


Inauguramos duas unidades do IEMA nestas semanas, uma em Santa Inês na Rua do Olho D´água e outra em São Luís Itaqui-Bacanga na Rua da Estrela, este último em parceria com a empresa Vale a quem agradecemos. Duas ruas que nos remetem ao simbolismo da água e do céu, os elementos sacralizados pela humanidade desde quando começou a existir neste mundo, elementos entrelaçados que produzem a vida, vida em abundância. A escola é o lugar fecundo para a vida, foi a instituição criada por nós para transmitir e recriar conhecimentos e gerações.

Entendo que não foi mera coincidência as Ruas onde inauguramos os IEMAs do Governo Flávio Dino. Estamos seriamente dedicados a construir a melhor escola pública do Brasil no Maranhão, provando ser possível o público eficiente, eficaz e efetivo, produtor de excelência no ensino e semeador de futuros. Trata-se do futuro no presente, aqui e agora priorizamos o investimento em educação, de verdade, sem retóricas engomadas, sem bandidagens, sem corrupção.  

Nossa verdade está no trabalho que realizamos, aquilo que fazemos corresponde com aquilo que pensamos, pois nos colocamos sob o signo da coerência e do compromisso com a função pública. O mal do mundo não está na política, mas no que fizeram dela, todos os dias pelo trabalho dedicado ao IEMA lutamos para provar que o bem também está na política. É possível exercer um cargo público e apresentar resultados para a sociedade, sem com isso extrair benefícios ilegais e pessoais. 

O IEMA de Santa Inês traz cursos inéditos como Gerência em Saúde, Registros e Informações em Saúde, Informática para Internet e o IEMA Itaqui-Bacanga cursos como Portos (parceria com a EMAP) e Vulcanização (parceria com a Vale), o primeiro do Brasil nesta área e uma inovação em nossa rede. Educação e trabalho tem que estar juntos para gerar prosperidade, daí a esperança e confiança que vi nos olhos dos estudantes e famílias durante as inaugurações.

A satisfação com o trabalho tem que vir da alegria das pessoas que são beneficiadas pelo serviço público realizado. Reconhecimento pela palavra de afeto e pelo abraço de irmandade, quem se irmana pelo bem comum, quem divide o pão no barco coletivo para o porto da utopia. Somos companheiros nessa longa navegação que possivelmente não se enxergará o final, pois o próximo se distancia e o porto segue na linha do horizonte. O essencial é a viagem.

A política é o lugar da palavra e é no espaço público que ela reverbera. A palavra continua sendo a força da política, em especial quando a palavra se transforma em obras, as promessas em entregas. Precisamos religar a dimensão da palavra à dimensão da realidade para revitalizar a política como fazimento do bem para todos e cada um. 

Quando abrimos a porta de um IEMA nossa luta é garantir que os meninos e meninas de Santa Inês tenham o padrão dos meninos e meninas do Itaqui-Bacanga. O padrão IEMA de qualidade é a nossa obstinação de trabalho e garanti-lo é o desafio diário de gestão, fazemos porque gostamos e acreditamos na escola pública como projeto de vida.  

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas deste blog

Neiva Moreira, semeador das rebeldias

PORQUE ATACAM O PROGRAMA ESCOLA DIGNA?

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação

As crianças do Povoado Peritoró dos Pretos não podem estudar o sistema solar como as crianças das escolas particulares da capital?
O problema educacional brasileiro, ao contrário do que muitos afirmam não se reduz à qualidade do ensino. Temos problemas ligados ao acesso (ausência de vagas em creche, pré-escola e no ensino médio), a permanência (evasão no ensino fundamental e ensino médio), ao aprendizado (baixa proficiência de português, matemática e ciências) e ao sucesso escolar (poucos concluem e progridem entre as etapas). Esse é um resumo da situação brasileira que se agrava ou se repete nos estados e municípios.
Todos os anos os sistemas federal, estaduais e municipais de ensino investem bilhões de reais em salários, equipamentos e formações. É possível questionar o monitoramento dos resultados e da qualidade desses investimentos, mas não o fato deles acontecerem. Os principais diferenciais do governo…

LULA E A ESPERANÇA APRISIONADA

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovaçao
Lembro o distante ano de 1994 da campanha Lula Lá. Arrepiante jingle que não se esquece. Foi em 2003 que essa música virou governo e um mar de gente nunca antes visto ocupou o Palácio do Planalto, 2003-2010 foi um período de prosperidade, crescimento e inclusão social para o Brasil.
Cena um. Lula nos braços do povo. Cena dois. Lula tenta se entregar voluntariamente à Polícia Federal para cumprir sua condenação. Cena três. O povo impede a saída do carro com Lula. Cena quatro. Após horas de resistência cívica e negociação, Lula sai a pés do Sindicato dos Metalúrgicos e se entrega. A força popular de Lula elevou sua estatura ante o arbítrio dos pequenos tiranetes de Curitiba.
Li “A verdade vencerá”, livro com entrevista antológica de Luís Inácio Lula da Silva, registra seu legado e ao mesmo tempo suas propostas caso pudesse exercer outro mandato de Presidente da República. Lula enfrenta novo teste de fogo da…