Pular para o conteúdo principal

A realidade e a ilusão no Maranhão dos Sarney

A realidade é mais forte que a ilusão do poder no Maranhão dos Sarney

A REALIDADE
http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/03/ma-apos-denuncia-do-jn-casas-rachadas-comecam-ser-demolidas.html


A ILUSÃO DO PODER

http://www.ssp.ma.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=793:conselho-de-governo-define-diretrizes-de-combate-a-efeitos-das-enchentes&catid=1:noticias&Itemid=53


Meus amigos e amigas enquanto nós aceitarmos passivamente os desmandos desse desgoverno sarneisista essas coisas se repetirão de velhas. Como é possível que nós maranhenses não tomemos em armas e não colocamos pra correr essa corja do Palácio dos Leões? Estamos precisando urgentemente da ousadia árabe?
Na primeira notícia do link acima vemos como o dinheiro para a construção de casas aos desabrigados pela enchente foi parcialmente aplicado, desviado e resultou em construções mais precárias do que as casas dos moradores antes da enchente. Na segunda notícia do link temos uma reunião de secretários estaduais preparando um plano de combate aos efeitos das enchentes, pasmem a reunião ocorreu em 28 de janeiro de 2011! Enquanto que a denúncia veiculada no Jornal Nacional foi feita dia 24 de março de 2011! Colocando em bons termos as ilusões de um governo dentro do Palácio e distante da realidade.

Observem que a matéria do Jornal Nacional não menciona quem é a Governadora do Estado do Maranhão e de que Governo do Estado estamos falando. Certamente nada tem a ver com o fato da TV Mirante, retransmissora da Globo aqui no Maranhão ser de propriedade da família Sarney, nem como o fato da governadora Roseana Sarney, no quarto mandato, ser filha de José Sarney, presidente do Senado pela quarta vez.

É inacreditável, mas parece que nem oposição existe mais no Maranhão. O exemplo do mundo árabe deveria servir de incentivo para mostrar que as coisas só mudam com o povo na rua. Não iremos mudar esperando os ritos eleitorais a cada quatro anos, provavelmente iremos assistir uma nova vitória por 4 mil votos de diferença.

por Jhonatan Almada

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas deste blog

Neiva Moreira, semeador das rebeldias

PORQUE ATACAM O PROGRAMA ESCOLA DIGNA?

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação

As crianças do Povoado Peritoró dos Pretos não podem estudar o sistema solar como as crianças das escolas particulares da capital?
O problema educacional brasileiro, ao contrário do que muitos afirmam não se reduz à qualidade do ensino. Temos problemas ligados ao acesso (ausência de vagas em creche, pré-escola e no ensino médio), a permanência (evasão no ensino fundamental e ensino médio), ao aprendizado (baixa proficiência de português, matemática e ciências) e ao sucesso escolar (poucos concluem e progridem entre as etapas). Esse é um resumo da situação brasileira que se agrava ou se repete nos estados e municípios.
Todos os anos os sistemas federal, estaduais e municipais de ensino investem bilhões de reais em salários, equipamentos e formações. É possível questionar o monitoramento dos resultados e da qualidade desses investimentos, mas não o fato deles acontecerem. Os principais diferenciais do governo…

LULA E A ESPERANÇA APRISIONADA

Jhonatan Almada, Reitor do IEMA e ex-Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovaçao
Lembro o distante ano de 1994 da campanha Lula Lá. Arrepiante jingle que não se esquece. Foi em 2003 que essa música virou governo e um mar de gente nunca antes visto ocupou o Palácio do Planalto, 2003-2010 foi um período de prosperidade, crescimento e inclusão social para o Brasil.
Cena um. Lula nos braços do povo. Cena dois. Lula tenta se entregar voluntariamente à Polícia Federal para cumprir sua condenação. Cena três. O povo impede a saída do carro com Lula. Cena quatro. Após horas de resistência cívica e negociação, Lula sai a pés do Sindicato dos Metalúrgicos e se entrega. A força popular de Lula elevou sua estatura ante o arbítrio dos pequenos tiranetes de Curitiba.
Li “A verdade vencerá”, livro com entrevista antológica de Luís Inácio Lula da Silva, registra seu legado e ao mesmo tempo suas propostas caso pudesse exercer outro mandato de Presidente da República. Lula enfrenta novo teste de fogo da…